Individualismo – doença de nosso tempo

NietscheNas décadas de 1980 e 1990, o Brasil assistiu a um processo curioso: enquanto o país voltava à democracia, as pessoas, em geral, tornavam-se cada vez mais individualistas. Foi se perdendo o modo de ver o mundo que havia marcado a resistência à ditadura e as lutas sociais das décadas de 1960 e 1970: o idealismo, a indignação diante das injustiças e do sofrimento dos pobres, o espírito de sacrifício, a percepção de que uma vida mais humana virá para todos ou não será possível para ninguém. Nos últimos anos, notou-se o aumento das iniciativas de voluntariado solidário entre os jovens. Esse é um ótimo sinal para uma nova tomada de posição, e também reforça o sentimento de que as pessoas parecem estar mais comprometidas a mudar a realidade atual. O mesmo Nietsche que decretou há um século que Deus estava morto, disse também que as grandes revoluções acontecem com pés de pombo. Ou seja, nossa mudança de atitude tem influência direta tanto para o progresso quanto para o declínio da nossa sociedade.

One Response so far.

  1. phentermine disse:

    phentermine

    benefitted unconvinced steadying knaves nettle hospitalizes phentermine http://phenterminehclhere.blogspot.com/


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado