Outro dia estava registrando os direitos autorais de um roteiro de documentário sobre a escritora Clarice Lispector em Brasília. Lá, encontrei uma jovem autora, Alessandra Roscore, que escreveu um livro chamado A Menina que Pescava Estrelas. Conversa vai, conversa vem, ela me contava que sua filha Beatriz, com 5 anos, ao receber de presente uma calça estilo corsário, daquelas que vai apenas até o meio da perna e vocês, mães e crianças sabem muito bem de que calça estou falando, a Bia ao vesti-la, disparou para a mãe: “Mãe, porque que quando esta calça termina… eu ainda continuo?” Nós adultos, perdemos muitos da inocência original e vemos o mundo apenas em duas cores, preto e branco. Mas as crianças, estes nossos cidadãos do futuro, vêem o mundo de todas as cores, de todos os formatos. Elas nos ajudam a pensar de forma mais livre e assim fazendo, tornamos o mundo um lugar melhor para se viver!… Se você tem uma dessas história de seu filho, não pense duas vezes, nos envie uma mensagem. O endereço é: cidadadodofuturo.camara.gov.br .


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado