Filho de anta o que é?

Vez por outra nos deparamos com pequenas histórias que não apenas nos fazem rir mas também nos fazem pensar em como é misterioso o país da infância, o mundo das crianças.

Antonio, um menino levado de 5 anos de idade, ficou muito zangado quando recebeu uma bronca do pai. E retrucou com xingamentos, chegando a gritar para o pai: “Você é uma anta!” O pai, por sua vez, sem perder a calma, perguntou: “- -Ah, é? E quem é filho de anta, o que que é?”
Antonio ficou pensativo e uns dois segundos depois respondeu: “– Filho de anta é… é… Antonio!”

A segunda história é da afilhada do escritor Mario Prata, chamada Maria. Quando avô morreu, Maria, com cinco anos, insistiu em ir ao velório ver o avô morto. Foi levada nos braços da mãe ver o avô morto. Alguns segundos depois, a sala estava cheia. De repente ela pergunta bem alto, como são, geralmenste, as perguntas impertinentes: “– Mãe, como é que ele sabe que morreu?”

A palavra surpresa se não fosse surpresa, poderia facilmente se trocada por crianças, pois elas nos surpreendem sempre.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado