Inclusão digital, um grande desafio

Inclus o digitalQuando se falta em inclusão, devemos também pensar em inclusão digital. Ora, se a internet, a comunicação eletrônica veio para ficar, se vivemos ainda uma revolução com o uso dos computadores em todas as áreas do nosso cotidiano, dos caixas eletrônicos dos Bancos aos caixas de supermercados, dos consultórios de dentistas aos trabalhos escolares, dos jornais e revistas lidos no computador às compras ditas virtuais, há que se admitir que temos muito ainda a fazer para que um número razoável de pessoas no país possam acessar essas facilidades. O Brasil ainda tem um contingente lamentável de pessoas analfabetas formais e, além disso, conta com diversos analfabetos digitais. Embora 92% dos brasileiros vêem televisão aberta, apenas 8% dessas pessoas têm um computador conectado à internet em casa. O governo afirma que os programas dos ministérios atendem 6 milhões de brasileiros. E que em 2003 foram instalados 3.200 pontos de acesso à internet em regiões remotas do país, sendo que cada um deles tem em média 12 computadores conectados. Mas temos ainda muito a fazer. Acesso à livre informação e à tecnologia é, certamente, uma questão de direito!


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado