Privando crianças da infância

Inf ncia roubadaRecente relatório sobre Situação Mundial da Infância, edição 2005 chama a atenção do mundo para o fato de que a pobreza, os conflitos armados e o HIV/Aids privam meninas e meninos de sua infância. Ou seja, tais males negam-lhes um período de crescimento saudável, desenvolvimento, carinho e experimentação. Desde a adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança, em 1989, avanços importantes foram feitos para a garantia dos direitos de meninas e meninos à sobrevivência, à saúde e à educação. Há um crescente reconhecimento da necessidade de se criar e manter um ambiente de proteção que dê às crianças uma vida longe da exploração, do abuso e da violência. O Brasil é citado no relatório pelas políticas de enfrentamento à pobreza e ao trabalho infantil e por seu programa de Aids, que garante o tratamento a pessoas que vivem com o HIV. Somente a mobilização do governo e da sociedade fará chegar o dia em que todas as crianças tenham acesso à educação e à saúde. Até lá, temos uma dívida imensa com as novas gerações de brasileiros.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado