O que temos feito de nossas vidas?

Juventude e envelhecimentoÉ comum encontrarmos notícias, quase que diariamente sobre juventude e envelhecimento. Mas uma me chamou a atenção. É que cientistas definiram um novo conceito de meia-idade e acreditam que isso pode explicar por que as populações estão envelhecendo, mas ao mesmo tempo parecem estar rejuvenescendo. Em vez de medir a idade levando em conta o tempo vivido pela pessoa, eles preferiram ver quantos anos a mais a pessoa ainda pode viver. O envelhecimento pode ser inevitável, mas atualmente muitos agem de maneira diferente do que seus pais quando tinham a mesma idade. Então os 40 anos seriam os novos 30? “Utilizando essa medida, a pessoa pode ficar mais jovem, pois pode ter ainda mais anos para viver conforme o tempo passa”, disse Warren Sanderson, da Universidade de Nova York em Stony Brook. “Como as pessoas têm mais anos para viver, elas têm que poupar mais e planejar mais e elas de fato estão se comportando como se fossem mais jovens”, disse Sanderson. “Muito de nossas habilidades, nossa educação, nossas economias e o modo como lidamos com nossa saúde depende bastante em quantos anos ainda temos para viver”, disse Sanderson. “Essa dimensão de quantos anos temos para viver vem sendo completamente ignorada nas discussões de envelhecimento até agora”, acrescentou. Mais que alongar o número de anos de vida, a grande questão de direito é saber o que temos feito com nossos dias, em que temos crescido em termos de humanidade… fica para nossa reflexão essa questão de direito: o que temos feito de nossas vidas?


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado