Sobre a felicidade

A partir do momento em que acreditamos que o ser humano é um ser social, toda realidade no campo social de alguma forma nos afeta. Porém, não podemos afirmar que a condição econômica desfavorável impossibilite alguém de ser feliz. Grande ilusão pensar que todos os ricos sejam felizes! Podemos dizer, isto sim, que as dificuldades econômicas no cotidiano trazem algum grau de sofrimento. Muitas vezes, por impedirem concretamente o suprimento de necessidades básicas. Também por incidirem no “desencorajamento” da crença e realização de sonhos possíveis. O fato é que a existência humana se dá numa multiplicidade de eventos e acontecimentos que podem gerar inúmeros contornos para cada pessoa, o que torna difícil falar em causas e efeitos únicos ou em generalizações simples sobre a felicidade.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado