Fala-se muito em uma sociedade livre da violência, em direitos humanos. Mas já paramos para pensar que também existem deveres humanos? Um deles, embora pouco lembrado, é o que nos faz agir com bom senso, procurando sempre combater toda forma de discriminação de origem, raça, sexo, cor, idade. Especialmente os preconceitos contra mulheres, negros, homossexuais, deficientes físicos e pobres. Outro dever ditado pelo bom senso é aquele que nos faz apoiar entidades não governamentais que lutam pelos direitos de cidadania dos discriminados. E aí temos um mar imenso a atravessar. Levantar a voz da nossa consciência em benefício do mais fraco é uma atitude verdadeiramente humana. E são atitudes assim que nos fazem sentir orgulho de pertencer à nossa raça. Somos folhas e ramos de uma mesma árvore. A árvore que atende pelo nome de humanidade.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado