O olhar pode gerar discriminação

O olhar pode gerar discriminação. A forma como vemos os outros tanto pode ser de uma perspectiva de justiça quanto de injustiça. Se não promovermos mudanças na atitude social, não levarmos em conta os princípios relevantes – morais e espirituais –, e se homens e mulheres de boa vontade não considerarem uns aos outros por meio da expressão prática de tais ideais, seja em individualmente ou na vida comunitária, estaremos alargando o fosso que separa a sociedade civilizada da sociedade bárbara. Não podemos esquecer as lições de um filósofo da não-violência como o Mahatma Gandhi, de um Luther King; de um herói enlouquecido de esperança como o nosso Zumbi dos Palmares. E também daqueles que, apaixonados pela humanidade, como Enoch Olinga ou Louis Gregory, têm nos oferecido. Todos demonstraram o seu amor à espécie humana e são, antes de tudo, um orgulho e um exemplo brilhante para as atuais e futuras gerações. O Brasil, etnicamente formado pelo cadinho das raças negra, branca e indígena, não encontra respaldo histórico para que aceitemos, passivamente, manifestações de racismo. O sangue que nas veias do brasileiro corre tem certamente um bom percentual de cada raça, e é essa miscigenação que caracteriza o povo brasileiro como pacifista por índole, amistoso e hospitaleiro.

One Response so far.

  1. xanax disse:

    When depression, worry, fear and anxiety are making your life miserable you can combat all these mental problems with xanax, the anti-anxiety drug.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado