“Quem financia a baixaria na TV”

Quem financia a baixariaTenho participado da equipe que coordena a campanha “Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania”. Esse é um tema que diz respeito a toda a sociedade, dos pais aos educadores. Pessoas de todas as idades estão se mobilizando contra a violência generalizada que vemos nos programas da televisão. A banalização da violência pode provocar indiferença social e política, e neste contexto não é demais afirmar que a TV tem contribuído para fomentar o medo e insegurança entre a população. Além disso, encontramos flagrante desrespeito a grupos vulneráveis da sociedade. Apresentadores, sem qualquer constrangimento, semeiam preconceitos. Usam e abusam de palavras de baixo calão, geralmente dirigidas às mulheres – em especial às louras. Dirigem também suas baterias verbais contra negros e, por meio de piadas sempre de gosto duvidoso, reforçam estereótipos negativos contra homossexuais. Por mais que existam campanhas como essa, não podemos deixar de considerar que o ato prolongado de ver violência na mídia pode resultar na perda da sensibilidade emocional em relação à violência. Lutar contra a difusão dos preconceitos e da violência é uma questão capital.

One Response so far.

  1. SAM disse:

    Interessante a foto que você tem aí… Parece que João Kleber foi proibido no Brasil, certo?
    Aqui… Ele é um dos reis de audiências. Forte no discurso, estúpido em pensamento, no entanto se faz de puritano e sentimental que é uma coisa incrível…
    É a tristeza de um país que se diz progressista, europeu, moderno cujos melhores programas são esses!!!


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado