Se não valorizamos nosso voto…

Pesquisa realizada pela Transparência Brasil em setembro de 2003 detectou que a compra de votos é o segundo problema mais mencionado pelos eleitores da cidade de Campinas, entre vários assuntos relacionados à lisura do processo eleitoral. A pesquisa contabilizou que um entre sete entrevistados conhece alguém que negocia votos em troca de benefícios materiais e serviços. Um em cada cinco eleitores estaria potencialmente disposto a vender o voto, mas poucos efetivamente votariam no comprador. Embora se trate de uma pesquisa localizada, é importante fazer uma reflexão sobre o tema. Afinal, é também por meio do exercício do voto que nos tornamos cidadãos, que escolhemos aqueles que irão governar nossas cidades, nossos estados e nosso país. A pesquisa ainda revelou que 49% dos eleitores colocaram a compra de votos entre os primeiros três lugares em uma lista de oito problemas ligados ao processo eleitoral. O problema mais citado foi a desonestidade dos candidatos, com 76% das opiniões. Se não valorizamos nosso voto iremos nos deparar com muitas e nocivas conseqüências, como a ocorrência crescente de atos de corrupção, fraudes em licitações públicas, desvio de recursos de áreas essenciais ao bem-estar social. Somos responsáveis pelo progresso ou pela decadência de nossa cidade, de nosso país. E o voto pode ser o início de uma tomada de posição sobre qual caminho desejamos trilhar.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado