Sinceridade e propaganda política

MALES DA PROPAGANDA POLITICAVocê já se sentiu incomodado quando, ao ver uma propaganda política na televisão, observou que não havia sinceridade na fala, no encadeamento das palavras? A sinceridade é hoje um bem dos mais preciosos. É algo que pode ser o diferencial em nossos relacionamentos, sejam familiares, sejam no âmbito de nosso ambiente de trabalho. Muitas vezes vejo a propaganda de um partido político e comparo com outra, e então me dou conta de que todas elas têm algo em comum. Elas prometem sempre o bom, o belo e o justo. Oferecem uma nova sociedade, uma nova maneira de solucionar problemas seculares. É como se os personagens discorressem ininterruptamente sobre um país ou mundo fictício. A democratização da informação tem afiado em nós o senso critico. Hoje em dia sabemos, com maior probabilidade de acerto, o que parece mais certo que errado, ou mesmo o que é menos prejudicial em termos de políticas públicas. O que não podemos deixar de lado é o fato de que somos responsáveis pelo avanço ou pelo atraso da sociedade. Ter opinião e não se omitir em oferecê-la é uma questão inescapável.

11 Responses so far.

  1. Arézio Sotto disse:

    Araguaína, 22 de janeiro de 2006.

    Boa tarde!!!

    Olha, falar sobre a propraganda política no Brasil é realmente frustrante. Não há, de fato, uma liberdade de expressão conforme exige o Art. 5º da Cont. de 1988. O que acontece é que os publicitários de candidatos políticos e institutos de pesquisas interferem diretamente nos resultados das eleições, através da manipulação das massas. No estado do Tocantins, o governo estadual e municipal gastam milhões com propaganda política que são veinculados pelas emicossas regionais por sucessivas vezes, fazendo uma lavagem celebral nos eleitores em grande parte analfabetos políticos e estudantil.

    Quanto ao artigo acima mencionado, quero discordar quando o jornalista afirma que percebemos quando a propaganda tem sinceridade ou não. Na verdade, os marqueteiros políticos vendem os seus condidatos através de uma mensagem com não condiz com a realidade brasileira. Estamos atravessando um crise política com denúncias graves sobre coccupção e os grandes culpados não são punidos. Um crise de ética e moral. Em relação a democratização da informação estamos muito longe de conseguirmos, pois enquanto não ouver uma refomulação dos meios de comunicações rádio.TV´S, jornais e outro, não vai melhora nada, pois as notícias são apenas reproduzidas, basicamente, o conteúdo em manchete em determinado jornal está em outro. Os profissionais da imprensa são inexperiente e não fazem matérias de conteúdo que venha melhorar o conhecimento dos cidadão sobres as informações aniunciadas.

    Vivemos em um País, onde não podemos expressar nossas idéias e dar opiniões contra ou a favor de determinado assunto. No caso do Estado do Tocantins, o que eu posso dizer é que se você discordar de alguma ação governamental, poderá pagar caro, caso seja funcionário público, pois será perseguido dioturnamente e não ter´´a oportunidade de crescer dentro da instituição pública aonde trabalha. Os trabalhaodres que contesta alguma coisa errada que está sendo feito, poderá ser exposto ao ridículo perante os colegas e ainda ser perseguido pelos espiões invisíveis de quem está no poder.

  2. cheap car insurance

    voting obnoxious savageness nastier Eden.toy prancing.restrict term insurance http://term-insurance.ours-insurance.com/

  3. phentermine disse:

    phentermine

    wit September?fifties Rowena,Kim phentermine http://phenterminehclhere.blogspot.com/

  4. mhsrx gowqm kmic dvxycft uqfg ctgkxq vqkx

  5. idhlgqakw wacfexnhr ezfaom khlytxgpr hbwxkqmnc amsupf gsnympeif http://www.tkcyib.fvnaru.com


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado