Aumenta desemprego entre os jovens

Aumenta desemprego entre os jovensOs números mostram que de maneira geral o jovem tem mais dificuldade de ingressar ou de continuar empregado, se comparado ao adulto. Há no mundo poucos países, entre eles a Alemanha, a Áustria, que são países que possuem taxa de desemprego juvenil menor do que a taxa de desemprego dos adultos. Mas nos demais países, e também aqui no caso brasileiro, a taxa de desemprego dos jovens é quase duas vezes mais alta do que a dos adultos. É, portanto, penoso para o jovem ter um bom começo no mercado de trabalho. A situação é muito grave em se tratando dos jovens, porque assistimos, como uma repercussão do desemprego, afetando os jovens mais pobres que quase 50% dos homicídios no Brasil, hoje, são de pessoas com menos de 25 anos de idade. E a quantidade de homicídios é superior a 40 mil pessoas por ano. Na outra ponta, temos os jovens de melhor renda, com maior qualificação profissional e escolaridade. Nesse caso, observamos um movimento de migração crescente, com a saída de jovens do Brasil, procurando outras perspectivas de trabalho, de realização pessoal e profissional, em outros países. Há que se repensar a questão da juventude e do mercado de trabalho no Brasil. É o futuro do país que está em jogo.

3 Responses so far.

  1. Lila disse:

    É isso mesmo e infelizmente os que deveriam pensar nesse futuro só se preocupam com suas contas no exterior. E seus filhos se estiverem a fim de trabalhar já tem um emprego garantido, caso contrário, estão por ai gastando o ‘dinheiro do pai’.

  2. JOyce disse:

    por isso que eu agradeço todos os dias a Deus pelo otimo emprego que tenho…

  3. Maria disse:

    segue um texto intessante


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado