Disputando o tempo dos nossos filhos

Disputando o tempo do nossos filhosUma reportagem do The New York Times chamou minha atenção. Ela trata de pesquisas que demonstram que crianças e adolescentes estão ficando cada vez mais tempo diante do computador. Alguns pais dizem que seus filhos gastam tempo demais diante de computadores e com celulares. Outros temem que muitas horas sedentárias ao computador podem levar a ganho de peso, ou que tanta mensagem instantânea acabe prejudicando o aprendizado de traquejos sociais cara à cara. Alguns se queixam por ter que competir pela atenção de seus filhos. Pois bem, um relatório sobre adolescentes e tecnologia, divulgado neste mês pelo Projeto Pew para Internet e Vida Americana revelou que o uso de computadores por adolescentes aumentou significativamente. Mais da metade dos usuários adolescentes de Internet se conectam diariamente, em comparação a 42% em 2000, disse o relatório; 81% destes usuários jogam videogames, em comparação a 52% em 2000. Mensagem instantânea se tornou a espinha dorsal da comunicação digital da vida cotidiana dos adolescentes, usada por 75% dos adolescentes online, disse o relatório. Ficou constatado que à medida que os aparelhos continuam evoluindo, eles consomem mais e mais o tempo de nossas crianças. É um grande desafio para os pais saber como lidar com a avalanche de itens da moderna tecnologia. Saem perdendo, sem dúvida, as ocasiões para o convívio familiar, para a leitura de livros e jornais e para as atividades físicas. Pensemos nisso.

One Response so far.

  1. Jhullyanna Cintra disse:

    Publicado ontem no caderno sinapse da folha jovens que vivem alienados por pcs!!
    Onde eh que isso vai parar??


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado