A (in)segurança pública mete medo em todos

Inseguran a P blicaA segurança pública vem sendo tratada há décadas como uma questão de polícia. Mas, começamos já a ver uma mudança na forma de encarar o problema. A sociedade busca ver a segurança pública pelos olhos da cidadania. E isto tem a ver com o resultado do recente referendo sobre o desarmamento. Um analista imparcial percebe claramente que o resultado é um recado para as autoridades brasileiras: o brasileiro está com medo e não confia na capacidade de proteção do Estado. Vale mencionar algumas medidas positivas para a prevenção e o combate à criminalidade. Uma delas se localiza em Diadema (SP). Com a instalação de câmeras e a Lei Seca ficou constatada a diminuição dos índices de criminalidade. De 1999 a setembro de 2005, a cidade conseguiu reduzir em 74% o número de homicídios. A quantidade de jovens entre 16 e 20 anos assassinados caiu, no comparativo de janeiro a junho dos anos de 2001 e 2005. Foram 85% a menos de ocorrências. Por isso a juventude é o público-alvo do projeto preventivo desenvolvido pela Unesco, uma agência das Nações Unidas, chamado Abrindo Escolas. Este programa consiste na abertura das instituições nos fins de semana, oferecendo opções de lazer a estudantes e suas famílias. Em Pernambuco, a iniciativa foi adotada em 2000, com a abertura de 30 estabelecimentos aos sábados e domingos. Nas unidades, a comunidade pratica esportes e participa de oficinas artísticas. Uma avaliação feita pela Unesco revelou que diminuiu em 83,3% o número de vandalismo e depreciação nas proximidades dessas escolas. Que o Abrindo Escola tenha vida longa e seja adotado por outros estados brasileiros.

5 Responses so far.

  1. Dad disse:

    Aqui estamos na mesma…o medo cresce como um monstro que cada vez tem mais tentáculos…

  2. O que é o medo?
    Na conduta da vida o homem é acionado por dois motivos principais: “A Esperança de Recompensa” e “O Medo de Castigo”.

    (‘Abdu’l-Bahá, Palestras de Abdu’l-Bahá)

  3. Antonio Serra disse:

    A sensação de insegurança veiculada pela mídia e assustadora. Vejamos o caso da mulher que morreu por ter usado um produto no cabelo ao passar o alisador quente – chapinha. Agora ninguém mais vai usar a “chapinha” com medo de morrer. A chance de alguém morrer usando a chapinha é infinitamente improvável;conheço apenas um caso na vida; mesmo assim, ninguém vai mais usar o criminoso aparelho. É assim que acontece com a segurança pública, quando a mídia divulga um crime, todos ficam com medo de serem roubados ou mortos a qualquer momento, como se houvesse um criminosa para cada cidadão brasileiro, incomodando-o a todo momento. É assim que a insegurança domina as pessoas, pela simples sensação psicológica do medo e não das ações criminosas. Por acaso, você viu na vida alguém sendo morto ou roubado? Claro que não. Por que então ficar com medo. Viva a vida sem se preocupar com as notícias tendenciosas da mídia, que têm o único objetivo de vender segurança privada aos incautos. Reaja.

  4. Demétrio Pastrano disse:

    Só vamos, desfrutar de uma segurança pública cidadã, quando nos livrarmos dos resquícios da famigerada Ditadura Militar:
    1º Passo, Unificar e Desmilitarizar as Polícias do País;
    2º Passo, Valorizar o material humano, não só com o salário, mas, também com políticas sociais, voltadas para a habitação, o salário, condições de trabalho, e revolução cultural dentro dos quadros, erradicando de uma vez por todas a tal da prisão administrativa, o que nem de longe, iria ferir a hierarquia e disciplina, modernizar o uso das viaturas e dos equipamentos, das dependências físicas das unidades, afinal, revolucionar culturalmente uma instituição que se encontra caduca, com o passar dos anos, pois tudo se evolui, só essas instituições que ainda não alcançaram essa evolução.
    3º Passo, Um Plano de Carreira Unificado e definido, para que, além do agente ficar ciente de quanto vai perceber pelos seus serviços, saber também até que posição hierárquica dentro dos quadros, ele pode concorrer e ascender.
    4º Passo, Mais importante, que como mesmo disse o Misnitro Tarso Genro quando da aprovação do novo Plano de Segurança Pública e Cidadania, é que o agente de segurança pública perceba um bom salário, para que não seja taxado de policial de baixa renda e assim possa adquirir o seu imóvel ou qualquer outro bem, no sistema financeiro vigente no País.

    Finalmente, senão democratizarmos as instituições estatais, consideradas de serviços essenciais, e, controlá-las com humanização e cidadania, jamais atingiremos a tão almejada democracia. Por exemplo, quando um cidadão se submete a um Concurso Público, para à área de Segurança Pública, e atingindo a aprovação e ao adentrar ao Curso, ao invés de ir aprender a marcha marcial, como um militar das forças armadas, esse cidadão, for aprender a lidar com o cidadão comum nas ruas, então acharemos a chave que abre essa prisão da impunidade e da má prestação de serviço, dando-se cara nova e mais humana à Polícia Brasileira.

  5. PARTIDO DA SEGURANÇA PÚBLICA E CIDADANIA – PSPC

    Caro colega,

    Sou Tenente QOPMA da PMDF,estamos criando o Partido da Segurança Pública e Cidadania (PSPC) já concluímos nosso Estatuto e o Programa do Partido,Estamos formando a Comissão Executiva Nacional Provisória e precisamos de vocês para formamos as comissões Estaduais e Municipais .O Partido nasce para lutar em defesa dos Policiais de todo Brasil,precisamos eleger uma Grande bancada no Congresso Nacional , bem como nos Estados , para que os chefes dos Executivos se vejam obrigados a negociar conosco , quando precisarem aprovar qualquer projeto, aí sim nós poderemos dar as cartas. Nós da PMDF melhoramos muito o nosso salário , porque ao longo anos porque elegemos vários parlamentares e com isso pudemos exigir dos Governantes melhorias para nossa Corporação e conseguimos. Nós da Segurança Pública somos a maior força política do País e vamos nos unir para levar as melhorias conseguidas pela PMDF para todas corporações, sem distinção de instituição ou Estado. Precisamos montar as comissões nos Estados e Municípios, precisamos filiar nossos parentes, precisamos de 500 mil assinaturas de apoio em todo País,(qualquer pessoa pode assinar seu apoio,inclusive Militares), agora para filiação militares não podem, mas os parentes sim. Ajude-nos meu Amigo (a),passando esta msg para quantas pessoas vc puder, estou a sua disposição para que possamos fortalecer esse movimento, meu fone em Brasília (61) 8403 8799, na próxima semana o site do partido ( http://www.pspc.com.br ) entrará no ar com modelos do Estatuto e Programa do Partido. Vamos apresentar aos Brasileiros o mais eficiente e audacioso Projeto de ¨Segurança Pública¨ jamais visto no País, que terá como base ¨A EDUCAÇÃO ¨

    ¨ VAMOS LUTAR PELA VALORIZAÇÃO E O RESPEITO AO POLICIAL¨.
    ¨ POLICIAL TEM QUE RECEBER UM SALÁRIO DIGNO ¨.

    ¨ SEGURANÇA É QUALIDADE DE VIDA¨

    ¨JUNTOS SEREMOS FORTES ¨

    TEN FARIAS

    (Assim que receber essa mensagem de o retorno pelo fone ou pelo email, essa é nossa oportunidade de vencermos , conto com vocês para montarmos nosso diretório aí no seu Estado )


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado