Brasil tem apenas 38% de alfabetizados plenos

Apenas 38  de alfabetizados plenosHá poucos dias escrevi neste blog sobre a questão do alfabetismo funcional no Brasil. Pois bem, o índice de alfabetismo funcional no Brasil não se altera em 4 anos. Apenas 26% dos brasileiros têm a capacidade de ler textos relativamente longos, localizar e relacionar mais de uma informação, comparar vários textos e identificar fontes. Essa é a conclusão do 5o Índice Nacional de Alfabetismo Funcional (Inaf), pesquisa realizada pelo Ibope sob coordenação do Instituto Paulo Montenegro e da Ação Educativa. Realizado desde 2001, o levantamento mostra que não houve nenhuma melhora no nível de alfabetização do Brasil. Há quatro anos, o índice de alfabetização plena era exatamente igual: 26%. A pesquisa divide os entrevistados em quatro categorias. Alfabetizados rudimentares são os que conseguem ler títulos ou frases, localizando apenas informações bem explícitas em um texto. São 30% dos brasileiros. Os alfabetizados básicos conseguem ler textos curtos e identificam informações específicas, ou que exijam pequena interferência. 38% dos pesquisados se encaixam nessa categoria. 7% são analfabetos, ou seja, não conseguem retirar qualquer informação quando se deparam com um texto. Mas o índice detectou o aumento da escolaridade média dos brasileiros, principalmente entre os mais jovens. Em 2001, 57% dos entrevistados entre 15 e 24 anos haviam concluído o ensino fundamental. Este ano, 67% concluíram pelo menos a 8a série. Os alfabetizados plenos continuam sendo apenas 38% da faixa etária.Temos, então, um longo caminho a percorrer na questão da alfabetização no país. Vencer este desafio é antes de tudo, uma importante questão de direito.

One Response so far.

  1. Polly disse:

    Fiaylln! This is just what I was looking for.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado