Aconteceu nas Olimpíadas de Seattle…

Olimpiadas de SeattleVale a pena transcrever aqui uma inspiradora história que um leitor deste blog me enviou. Ei-la: “Há alguns anos, nas olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental, alinharam-se para a largada da corrida dos 100 metros rasos. Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar. Um dos garotos tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro, diminuíram o passo e olharam para trás. Então viraram e voltaram. Todos eles. Uma das meninas, com Síndrome de Down, ajoelhando, deu um beijo no garoto e disse: – Pronto, agora vai sarar! E todos os noves competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada. O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos. Talvez os atletas fossem deficientes mentais. Mas com certeza, não eram deficientes espirituais! Isso porque, lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho é ajudar os outros a vencer, mesmo que isso signifique diminuir os nossos passos…” Uma história como essas deveria merecer atenção especial dos professores da escola primária, da secundária e dos cursos superiores. Transmitir valores humanos: eis o desafio dos educadores e dos pais. Fica, então, o oportuno registro.

11 Responses so far.

  1. Dad disse:

    Lindo! conhecia esta história verídica mas fico sempre comovida quando penso nesse gesto de solidariedade… Grande lição para todos nós.

  2. Marcia Kawabe disse:

    Que linda essa história!

  3. Cleber disse:

    Maravilhosa essa história!… Se me permitem darei um “Ctrl+c” e um “Ctrl+v” e enviarei para os amigos.

    Um grande abraço a todos!!

  4. Antonia disse:

    Essa história é belíssima. Vou levá-la para sala de aula.
    Um abração pata todos.

  5. Margarete disse:

    Essa história é encantadora. Iremos incluí-la no nosso trabalho sobre a Campanha da Fraternidade 2006. Para que essa se tornasse ainda mais interessante, estamos pesquisando a data (ano) em que isso aconteceu. Vocês poderiam fazer o favor de nos fornecer esse dado?
    Obrigada
    Margarete

  6. Heloisa Helena Salim de Oliveira disse:

    Estes pessoas são anjos que olham umas para as outras com os olhos de DEUS.São pessoas extremamente iluminadas,especiais e com a sensibilidade transparente.Sou professora do Centro Educacional Stella Maris,(Brasília)ensino fundamental Matemática e estamos elaborando uma avaliação com este TEXTO lindíssimo e que me tocou profundamente.Sinto -me privilegiada de ter tido a oportunidade de conhecer essa história.Forte abraço a todos.Grata…

  7. Celita Moreira disse:

    Eles são verdadeiro anjos em nossa vida, são mai especiais que muitas pessoas que vivaem ao nossa lado.
    Deus ilumina todos eles eu tenho certeza disso.
    Oque eu queria é que eles fossem mais aceitos pela sociedade, ha nuita discrinação, devemos lutar para que isso mude o mais rápido possível…

  8. joao carlos disse:

    eu quero saber que ano começou as olimpiadas

  9. laina oliveira disse:

    é emocionante,lindo de viver.Se todos seguissem com o coração e alma pura o mundo seria maravilhoso.

  10. Lições como essa merece atenção sobre a maneira de agir e pensar sobre o comportamento, onde os valores humanos são deixados de lado e as pessoas tornam cada vez mais competitiva, agressivas e materialista… vale tudo para se obter vantagens
    Um desafio para educadores, autoridades, formadores de opinião, religiosos e principalmente das famílias.

    Ecoharmonia

  11. NEIDE ANTONIO disse:

    Com toda certeza eles desprovidos de um único sentimento :RIVALIDADE o que faz com que os seres humanos que se julgam tão normais atropelem-se cotidianamente,sempre procurando estar um passo a frente em tudo, sequer pensando se estará ferindo ao próximo. Eles realmente praticam o amor.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado