Preconceito racial é como um vírus

Virus do preconceito racialComeçamos dezembro, mas ainda temos muito que pensar sobre o mês passado. Afinal, foi o mês em que comemoramos o Dia da Consciência Negra, celebrado a cada dia 20 de novembro. A data é uma homenagem ao líder negro Zumbi dos Palmares. No rastro das comemorações, o Senado Federal aprovou projeto contendo ações afirmativas, como a que prevê cotas para negros em empresas; cursos de graduação de universidades públicas e privadas; no serviço público e em programas, filmes, anúncios de TV. Aliás, a necessidade de se criar cotas por lei reflete o tamanho da discriminação no Brasil. Em relação ao mercado de trabalho, o IPEA divulgou recentemente os dados do preconceito. O homem branco ganha em média no país 931 reais por mês. A mulher branca, 554 reais. O homem negro, 428 reais. A mulher negra, 279 reais. Ou seja, os salários no Brasil variam por raça e gênero. Entre as empregadas domésticas o quadro é ainda pior. O dobro delas são mulheres negras. A maior parte sem carteira assinada. Afirmar que vivemos no Brasil uma democracia racial é demonstrar alheamento da realidade social brasileira. O preconceito racial é como um vírus e, portanto, precisa ser tratado com potentes doses de legislação e… cidadania!

5 Responses so far.

  1. Dad disse:

    Vergonha mesmo! Como é possível descriminar cidadãos do mesmo país só pela côr da pele? E sem falar nas consequências que essa diferenciação faz nos aspectos da violência. Queixam-se da violência mas não conseguem, ou não lhes convêm analisar as raízes profundas do mal que, se calhar, começam por aí….
    A melhor maneira de amordaçar um povo é mantê-lo ignorante, Esperávamos que as democracias resolvessem o problema da falta de escolarização das descriminações, de todos eles males que colocam seres de um lado e outros de outro. Infelizmente as nossas ditas democracias são muito fracas e não querem ou não sabem atacar o que de mais profundo provoca as convulsões que todos os dias enchem os écrans da TV!

  2. Cleber dos Santos disse:

    Pelo jeito não é mesmo fácil acabar com a discriminação racial do mundo, isso deve ser algum véu bem denso que impede as pessoas de se olharem todos como seres humanos provindos da mesma raíz, frutos de uma só arvore.
    E alguns aspectos desse tema são realmente estranhos e inquietantes como por exemplo de uma tal pesquisa divulgada no site Dialogos contra o Racismo (http://www.dialogoscontraoracismo.org.br), que diz ser de 87% as pessoas acreditam que o Brasil é um país racista, porém apenas 4% se declararam racista nessa mesma pesquisa… Aí a campanha pergunta: Pode haver racismo sem racistas?

  3. Beatriz disse:

    eu acho que o preconceito não deveria acontecer,pois todos nos somos feitos da mesma carne e do mesmo osso. E do mesmo jeito que Deus criou o branco ele criou o negro

  4. patricia santos disse:

    EU TENHO MEDO COM QUE FAZEM COM AS PESSOAS PQ SÃO POBRES E Ñ TEM MUITOS RECURSOS PARA FAZER OS SEUS DIRERITO HUMANOS SEREM CUPRIDOS

  5. nathany disse:

    na minha opinião , o preconceito Racial
    em Vez de diminuir No brasil , só está almentando ,
    as pessoas estão sendo preconceituosas Maais ocultamente
    , eu sou Negra e já sofri mts preconeceitos
    por ser negra podre e de cabelo crespo , Mais Graças a deus
    eu Não me deicho abater-se por pouca coisa , pq eu sei que Lá na frente
    essas pessoas qué hoje me pisa . servirão de tapetes amanhã
    Não sou vingativa , Maais tudo que se planta um dia se cole ,
    é eu vou aplaudir . e vou ter orgulho de dizer , que os Negros tem a mesma
    Capacidade que os Brancos , eu tenho orgulho da Minha cor e orgulho de ser Brasileira e carioquisima (risos ) eu me amo !


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado