As duas faces do turismo no Brasil

Turismo de riscoBem, terminou as férias. E férias tem a ver com turismo. Pois bem, enquanto fontes oficiais do governo brasileiro afirmam que 2005 foi o melhor ano da história do turismo brasileiro. Um ano em que, segundo dados oficiais do Banco Central, ingressaram no país US$ 3,861 bilhões – um montante 19,83% superior ao constatado em 2004. No ano passado ocorreram 6.784 mil desembarques de pessoas vindas do exterior, um montante de pessoas superior em 11% aos desembarques verificados em 2004. Ainda assim, temos que lamentar que no último dia 22 de janeiro, um grupo de 33 turistas ingleses foi assaltado no Rio de Janeiro, menos de uma hora após desembarcarem na cidade. Os três assaltantes levaram passaportes, celulares, jóias, computadores portáteis e dinheiro das vítimas. Até hoje, os policias da Delegacia Especial de Atendimento ao Turista não tinham nem recuperado os objetos e o dinheiro roubado nem identificado os assaltantes. Há que se chamar a atenção para o fato que 2006 foi instituído por decreto do Presidente Lula como o Ano Nacional do Turismo e de Santos Dumont, um ano em que deverão ser realizados uma série de eventos que estimulem a vinda de estrangeiros ao Brasil e incentivem o turismo interno. Mas, enquanto a questão da segurança pública não for mais eficiente em cidades como o Rio de Janeiro, Salvador, Florianópolis, tais ações serão inócuas. Afinal, os melhores embaixadores do Brasil no exterior são os milhões de turistas estrangeiros que deixam o país com uma boa imagem. Voltaremos ao assunto.

One Response so far.

  1. Rosangela disse:

    Estou realizando uma pesquisa sobre a vinda de estrangeiros ao Brasil, e quais os potencias que o Brasil possui para atrair turistas estrangeiros, gostaria de saber se voces possuem algum informativo referente a esse assunto, uma materia, artigo ou outros, e que pudessem me enviar; sou aluna do 6º semestre do curso de Turismo de uma instituição privada em Salvador-BA.
    AGRADEÇO.
    Rosângela Cavalcante.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado