Desafios climáticos: Antártida e África

antartidaA Antártida perdeu uma parte considerável de sua camada de gelo e as secas aumentaram na África devido ao aquecimento global, segundo dois estudos divulgados hoje pela revista “Science”. Ambos os relatórios foram publicados depois de a revista revelar que, pelo mesmo motivo, a quantidade de gelo jogado pelas geleiras da Groenlândia sobre o oceano Atlântico duplicou nos últimos anos. Pesquisadores da Universidade do Colorado utilizaram os dados dos satélites da Nasa Grace-1 e Grace-2 para determinar o volume de perda sofrida pela camada de gelo da Antártida, que contém 90% da água doce do planeta. A perda sofrida pela Antártida equivale a 150km³ a cada ano, indicou o estudo que, como referência, informou que a cidade de Los Angeles utiliza anualmente o equivalente a 4,1 km³ (4,1 trilhões de litros) de água. Este é o primeiro estudo que indica que (…) a camada de gelo da Antártida está diminuindo vertiginosamente. Paralelamente, a desertificação aumentou na África, e até o final deste século o continente pode enfrentar uma escassez aguda de água devido ao aquecimento global, segundo previsão dos cientistas da Universidade de Cidade do Cabo (África do Sul). Na África, onde as secas ocorrem regularmente e as pessoas dependem de fontes locais de água, as mudanças provocadas pelo clima têm implicações potencialmente devastadoras. Pelo andar da carruagem o planeta continua pedindo socorro. E neste caso socorro significa leis ambientalistas que sejam obedecidas por todos os países.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado