Fifa, 207 filiados… ONU, 191 filiados

Fifa e Onu criando solidariedade entre povosO secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), Kofi Annan, admitiu nos últimos dias que a Copa do Mundo o faz ficar “verde de inveja” por sua capacidade de unir os povos. As declarações constam de artigo publicado pelo jornal alemão “Bild am Sonntag.” Segundo Annan, “É o único jogo do mundo que se realiza em qualquer país e por gente de todas as raças e religiões.” Ainda segundo ele, a Fifa é mais importante do que o ONU por ter 207 filiados, contra 191 da instituição que dirige. Annan, que nasceu em Gana, verá pela primeira vez seu país disputar uma Copa. No artigo, ele diz esperar que “o orgulho de jogar um Mundial” ajude nações devastadas por guerras civis, como Angola e Costa do Marfim, a renascer. Nunca é demais louvar a Copa, pois se trata de uma competição que aproxima povos, nações, religiões, tradições e costumes. A solidariedade sempre marca presença e se trata de uma festa de proporções realmente planetária. Este ano haverá também a obrigatoriedade de se fazer um juramento em favor da ética e da justiça. Juramento que será feito por jogadores, técnicos, árbitros, bandeirinhas e até mesmo pelos cartolas do futebol mundial.

3 Responses so far.

  1. Renê Couto disse:

    Olá Tom!
    Realmente a copa do mundo tem esse poder extraordinário! Como disse MV Bill em uma de suas palestras: “Todos deveriam viver como se estivesse em uma copa do mundo, pois ali as pessoas esquecem todas as diferenças.”
    Foi realmente lindo ver a torcida da Croácia gritando até o último minuto de jogo ao lado, ou melhor, entre a torcida brasileira, em paz e muito respeito. Quem dera o campeonato brasileiro fosse assim eim!?
    Olha, vou te dizer uma coisa: ontem foi a primeira vez que todos responderam meu “boa tarde” aqui em Brasília. E claro que foi pelo fato de todos estarem felizes e ansiosos para a estréia da Seleção. Agora, adapto as palavras de MV Bill com as minhas: Todos deveriam viver como se estivessem prestes a assistir a estréia da Seleção na Copa do Mundo.

    Um grande abraço brow!

  2. ELCYD disse:

    Meu querido,
    A febre do futebol não dá só no Brasil é uma “epidemia” e mundial e com os mesmos sintomas…. E é assim mesmo.
    Seja como for, aqui vão os meus parabéns para todos nós pelo 1-0 para Brasil no primeiro jogo e à FIFA pela preocupação na questão do racismo e da ética e com a esperança que cada vez mais organizações se preocupam com estas questões.
    E ainda mais, parabéns, para os cidadãos de Brasília, pela alegria e felicidade, porque aqui em Portugal mesmo assim difícil responderiam: “boa tarde”!!!
    Um abraço

  3. SAM disse:

    A minha questão é só uma: quanto custam as quotas da FIFA?

    É muito simples, veja-se o caso do arquipélago de Tuvalu (situado sabe Deus onde!): só conseguiram entrar na ONU há um par de anos, quando finalmente lhes foi concedido o domínio de internet “.tv” e começaram a vender espaços cibernéticos terminados em “.tv” a tudo quanto era estações de tv do mundo (que o quisessem), só aí tiveram dinheiro para poder pagar as quotas da ONU.

    É muito bonito o conceito de unicidade da ONU e também de algum lado tem que vir o dinheiro que se paga aos seus milhares de funcionários, mas a questão que me coloco é se não será uma estrutura demasiado pesada (ao cobtrário da FIFA) e que, desta forma, ponha em segundo plano aquilo que deveria ser a sua prioridade?


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado