Vem a  uma vacina contra c ncer de coloHoje temos uma ótima notícia. Foi aprovada nos Estados Unidos a primeira vacina que protege as mulheres contra o câncer de colo do útero, doença que mata pelo menos 7.000 brasileiras por ano. Autorizada pela agência norte-americana que regula fármacos e alimentos, FDA, a vacina Gardasil (Merck Sharp & Dohme) é recomendada para mulheres entre 9 e 26 anos e previne a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), que causa o câncer de colo uterino. A recomendação em idade tão precoce foi feita em razão de a vacina funcionar melhor em meninas que ainda não iniciaram a vida sexual e, portanto, não tiveram contato com o HPV. A nova vacina não protege pessoas já infectadas e não imuniza contra todos os tipos de câncer uterino – mas cobre cerca de 70%. O laboratório fabricante já pediu à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a licença para comercializar a vacina no Brasil. A agência deve dar um parecer a respeito entre setembro e outubro. Se for positivo, a vacina entrará no mercado nacional ainda neste ano. Este é, realmente, um grande avanço da ciência neste início de século marcado por catástrofes naturais, como os tsunamis e os terremotos, atentados terroristas na América do Norte, na Europa e no Oriente Médio e guerras que continuam exterminando vidas.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado