Dificultando o acesso a drogas por parte dos jovens

Dificultando o acesso  s drogasNao último dia 15 de junho de 2006, entrou em vigor um conjunto de novas regras para venda varejista de cola de sapateiro, tíner e adesivos com substâncias inalantes. Uma boa notícia é que entre as novidades está a proibição da venda de produtos similares a crianças e adolescentes com menos de 18 anos. Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), em 2004, o Cebrid (Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas) constatou que os solventes eram a droga mais consumida entre estudantes de todas as classes sociais. Quem comprar cola de sapateiro e tíner a varejo, a partir de agora terá que se identificar, preencher uma ficha elaborada pela Anvisa com dados como número do RG e assiná-la. Outra boa notícia é que esses produtos também passam a ser controlados mais de perto. Com as novas regras, passa a ser exigida a fixação de um número individual em cada uma das embalagens e o número deverá constar da nota fiscal. Outra mudança, que atingiu os fabricantes, exige que os rótulos contenham mensagens de advertência sobre os riscos à saúde como “veneno: perigosa a ingestão ou inalação”. Qualquer iniciativa para brecar o consumo de drogas e psicótropicos deve merecer o apoio total da sociedade. Determinados males, têm que ser cortados pela raiz. Neste caso, com uma legislação clara e enfática.

One Response so far.

  1. Shirley disse:

    Todo mal tem que ser cortado pela raiz!


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado