Sa de   apenas ponta do icebergAs mulheres que fumam têm cerca de duas vezes mais chances de desenvolver câncer de pulmão, diz um estudo realizado em 40 centros de saúde de todo o mundo. Clínica Universitária de Navarra (norte da Espanha), que participa da pesquisa, informou nesta semana que a iniciativa faz parte do programa I-ELCAP, de detecção precoce de câncer de pulmão e que acompanha cerca de 30.000 pacientes de todas as partes do mundo. O programa “procura demonstrar que a detecção precoce do câncer de pulmão através de uma tomografia axial computadorizada torácica de baixa radiação consegue reduzir as mortes pela doença. Atualmente, menos de 15% das pessoas com câncer de pulmão sobrevivem cinco anos à doença, “pois mais de 80% são diagnosticados em estágios avançados”, foi o que declarou o representante espanhol do estudo. Foram analisados os casos de 16.925 fumantes, sendo que 9.427 eram homens e 7.498 mulheres, todos eles com mais de 40 anos, que foram submetidos a um exame de scanner por ano nos Estados Unidos, país no qual existe um grande número de mulheres que fumam. O trabalho mostrou que as mulheres têm quase o dobro de risco de desenvolverem a doença mesmo consumindo a mesma quantidade de tabaco que os homens, por razões que os pesquisadores afirmam ainda desconhecer. A questão da saúde física é apenas a ponta do iceberg… se formos comparar com as atenções que são dadas a tantos meios de destruição. Vale destacar essas palavras de Bahá’u’lláh (1817-1892) que colocou o assunto em sua real dimensão: “A quantidade enorme de energia que se desperdiça com a guerra, quer econômica ou política, será dedicada a fins como estes: a extensão do alcance das invenções humanas e do desenvolvimento técnico, o aumento da capacidade produtiva da humanidade, o extermínio das moléstias, a ampliação das pesquisas científicas, a adoção de mais altos padrões de saúde física, o aperfeiçoamento do cérebro humano, a exploração dos recursos do planeta que ainda não foram utilizados ou descobertos, o prolongamento da vida do homem, e a promoção de qualquer outro meio de estimular a vida intelectual, moral e espiritual da humanidade inteira.”

4 Responses so far.

  1. Washington,
    Permita-me chamara a atenção para o facto de as palvras serem de Shoghi Effendi.

    João

  2. SAM disse:

    De facto, estas palavras de Bahá’u’lláh (in “Proclamação de Bahá’u’lláh”) também se encontram citadas por Shoghi Effendi (in “O Chamado às Nações”), ainda que com uma diferença (na versão de Shoghi Effendi não aparece “o aperfeiçoamento do cérebro humano”, mas “a refinação do cérebro humano”).

    E, de fato, Tom, é necessário reanalisarmos, enquanto sociedade os “nossos” investimentos… Guerra ou Paz? Enfermidade ou Cura? Progresso ou Regresso?

    Parafraseando ‘Abdu’l-Bahá, há sempre movimento… resta saber se para frente ou para trás…!!!

  3. Então afinal não foi engano de Washington, foi ignorância minha.

  4. Eliane Medeiros disse:

    Parabéns pela corajosa entrevista. Nota-se a seriedade e a sinceridade com que o autor do blog responde a todas as perguntas, mesmoa aquelas mais incomodas (como porque pouca gente deixa comentários). Sou fã de carteirinha do blog e divulgo a todos os meus amigos… parabéns a universitária que vai fazer uma monografia incluindo vosso blog. Uma iniciativa que merece aplausos!


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado