Trabalho escravo nas grandes cidades

Trabalho escravo nas grandes cidadesSempre que falamos em trabalho escravo no Brasil ou mesmo de uma forma geral, a idéia que nos vêm à mente são de a de trabalhadores rurais, as fazendas, os garimpos, lugares distantes, afastados. Mas, é bom pensarmos que existe trabalho escravo nos centros urbanos, nas cidades. É um crime que não obedece a fronteiras urbanas e rurais. Um amigo há poucos dias me relatou um crime dessa natureza. Ele viu da janela de sua casa uma adolescente sujeita a maus-tratos verbais, humilhação e quase a atos de violência física. Detalhe, a vítima era uma jovem, negra, ainda na casa dos 17 ou 18 anos de idade. É da tradição brasileira dar emprego a pessoas carentes que vêm do norte ou nordeste do Brasil para viver na cidade grande, geralmente, nas capitais do centro-sul do país. O drama começa aí. A perspectiva de uma vida melhor na grande cidade parece ser maior que a vida levada na área rural. E a televisão mostra à exaustão os atrativos da cidade grande, nivelando tudo pelo materialismo exagerado. Mas, muitas dessas moças são praticamente forçadas a realizarem trabalhos domésticos, sem qualquer contrapartida financeira, vivendo em celas improvisadas, aqueles cubículos de apartamentos, geralmente conhecidos como “dependência da empregada”. É triste constatar que ainda temos – e muito – a transferência da Casa Grande e Senzala dos campos para os centros urbanos. Uma realidade perversa que exige providências imediatas do poder público.

One Response so far.

  1. isa disse:

    EXEMPLO MT MT CLARO


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado