Vaticano e muçulmanos: polêmica desnecessária

Polemica entre o Vaticano e os mu ulmanosContinua em fogo alto a polêmica envolvendo o Papa Bento XVI e os muçulmanos. Explicações são dadas a torto e a direito, mas nada de pedido de desculpas por parte de Sua Santidade. E tudo porque Bento XVI citou um texto de quase cinco séculos onde se afirmava que o Islã impunha a religião pela espada. Depois o Papa disse que não concordava com o texto. Mas, se não concordava porque o citou? Esta é a pergunta que não quer calar. Porque soprar a fogueira da animosidade religiosa, uma fogueira que vira e mexe é motivo para novos e sangrentos conflitos armados? A palavra é um fogo voraz, há que se ter continência verbal, pois nem tudo pode ser dito. Ora, para provar que o Islã não é violento, é uma lástima vermos nos telejornais muçulmanos detonando igrejas e convocando seus irmãos de fé a nada menos que assassinar o Papa! Já não bastasse o elevado grau de conflitos bem enraizado que o mundo vive, as guerras e as ações terroristas, ainda temos que ficar atentos para novos conflitos de cunho puramente religioso. Quando, na pior das hipóteses, a religião deve servir unicamente para unir a todos nós, como folhas e ramos de uma mesma árvore. Aguardemos os acontecimentos.

One Response so far.

  1. Elcyd disse:

    Ora, não sei como você consegue colocar tudo de uma determinada ideia num texto tão pequeno.
    Parabéns, disse tudo bem dito.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado