Escola inglesa tem alunos que falam 71 línguas!

71 linguas em escola inglesaA diversidade humana se expressa tanto pelos costumes e credos, quanto pelos hábitos alimentares e suas visões do que seja arte. Mas, certamente, a grande expressão se dá pelo idioma de cada povo, de cada etnia, de cada nação. Meus filhos estudam na Escola das Nações, em Brasília. No ano passado os alunos eram de 57 diferentes nacionalidades. Não sei agora. Também é óbvio que a proposta pedagógica da Escola de que “formam cidadãos do mundo” influencia na diversidade cultural dos alunos. Agora, descubro que uma escola do sul de Londres, instituto Southfields Community College, no bairro de Wandsworth, pode ser de fato considerado o mais cosmopolita da Europa. Lá são faladas nada menos que 71 línguas, incluindo o polonês, o árabe, o japonês, o tailandês, o russo, o birmanês, o turco, o português e o italiano. É fato que muitos estudantes, de idade entre os 11 e 18 anos, fugitivos das zonas de guerra, não sabiam falar inglês antes de freqüentar a escola da capital do Reino Unido. A primeira lição para os jovens é o primeiro contato com o inglês. A escola coloca à disposição dos estudantes professores que os acompanham, permitindo assim um sentimento gradual de pertencer. Aproxima-se o tempo em que as Nações Unidas precisará escolher um idioma auxiliar universal. Ou seja, uma língua auxiliar a ser falada por todos, sempre preservando a sua língua materna. Tal decisão terá impacto positivo imediato nas relações internacionais e na compreensão da unidade da humanidade. Afinal, somos apenas uma espécie, a espécie humana.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado