Microsoft condenada a pagar multaA Microsoft foi condenada por um tribunal americano de San Diego a pagar à fabricante de equipamentos de telecomunicações francesa Alcatel-Lucent US$ 1,52 bilhão (cerca de R$ 3,17 bilhões) por ter infringido patentes de áudio. A notícia se espalhou rapidamente e trouxe à superfície a questão, sempre delicada dos direitos autorais, principalmente no meio virtual, na internet, onde tudo é novo e a cada dia encontramos 50 ou 60 surpresas. A Alcatel processou a Microsoft por usar a tecnologia de música digital MP3 sem permissão. A empresa francesa alegou quebra de duas patentes relacionadas aos padrões usados para converter áudio em arquivos de MP3. A tecnologia de MP3 é amplamente usada para ouvir música em computadores e telefones celulares. A Microsoft disse que poderá apelar da decisão, afirmando que esta “não é apoiada pela lei ou pelos fatos”. Essa história ainda vai render muito, mas já é um primeiro passo para tornar a internet um ambiente dentro da lei. 


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado