Atleta chinesa vende medalhas… para comer

Atleta vende medalhas para comer

Leio, com um aperto no coração, que a ex-atleta chinesa Ai Dongmei, campeã das maratonas de Pequim e Dalian em 1995, decidiu vender parte das 19 medalhas que ganhou na carreira esportiva para poder comer. Reproduzo aqui o comentário da atleta: “Estava há algum tempo pensando nisso. A princípio queria vender todas elas, como se nunca tivesse sido campeã. Depois pensei em deixar algumas para minha filha, para que quando cresça saiba quem foi sua mãe”, disse a ex-atleta ao jornal Beijing News. Ai Dongmei afirma que seu ex-treinador, Wang Dexian, deixou de pagar a ela o equivalente a 16 mil euros pelas conquistas, e por isso apresentou uma ação nos tribunais. Enquanto isso, graças a um vendedor de roupas que a reconheceu nas ruas, a ex-atleta conseguiu um trabalho de vendedora ambulante. Porém, ela quase não consegue manter sua família, já que, depois de pagar o aluguel, resta apenas 30 euros ao mês para viver, mais os 80 euros que seu marido ganha. Natural da província de Heilongjiang, Ai Dongmei deixou o atletismo em 2003 e assegura que, às vezes, é reconhecida e sente “um pouco de vergonha”. Vergonha devemos sentir todos nós que amamos os esportes e lutamos por condições dignas de vida a todo e qualquer ser humano.

One Response so far.

  1. buy viagra disse:

    How add your site to reddit?


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado