Fazemos parte de uma mesma espécie, a humana

Sindrome de Down foi parar na novelaNem tudo na telinha da TV nossa de cada dia está perdido. Temos observado uma maior preocupação do governo e de instituições não-governamentais com relação a um tratamento justo e adequado aos portadores da Síndrome de Down. E essa repercussão está ligada, sem dúvida, à última novela da 8 da TV Globo, Páginas da Vida, quando o tema foi abordado de forma correta e mesmo, educativa. Respeitar as diferenças é compreender que somos todos nós diferentes e que esta característica, a da diversidade, longe de nos separar e alienar, deve ser motivo de satisfação pois a beleza de um jardim está muito mais na diversidade de suas rosas e flores, de seus aromas, cores e formas, do que na simples uniformidade. Que fazemos parte de uma mesma espécie, a espécie humana, não deveria causar estranheza a qualquer um de nós, pois isso é o que somos: cidadãos e cidadãs de uma pátria universal, comum, chamada humanidade. Foi comovedor ver o desempenho da persongaem mirim, Clarinha, ao longo da novela. Sua pureza original, seus olhos brilhantes e seu ótimo desempenho como pequena atriz mostra-nos uma outra faceta da Síndrome de Down. A faceta de que podemos todos conviver em harmonia, respeito e admiração uns pelos outros.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado