Para tudo… uma pesquisa de opinião.

Para tudo uma pesquisa 1 

Vivemos em um tempo marcado pelas pesquisas de opinião. Tudo parece ser assunto e objeto material para uma pesquisa. É como se desejassemos sempre conhecer mais o comportamento humano utilizando procedimentos estatíticos com bases cientificas. Pois bem, tomo conhecimento agora que uma pesquisa divulgada na Grã-Bretanha apontou que 23% dos entrevistados, ou quase um quarto do total, dizem que julgam as pessoas com base nos filmes que elas gostam. No levantamento, realizado em fevereiro para o site myfilms.com, foram ouvidos quase 3 mil britânicos, que revelaram detalhes da influência da Sétima Arte sobre o comportamento dos cinéfilos. Os jovens mostraram ser as pessoas com maior tendência a avaliar as outras pelo seu gosto por filmes: 37% daqueles entre 18 e 24 anos admitiram o hábito. Uma curiosidade, na mesma pesquisa, os britânicos revelaram que tendem a esconder os filmes que realmente gostam. Entre as “paixões secretas” dos ouvidos, o filme mais citado é A Noviça Rebelde, seguido de Ghost – Do Outro Lado da Vida.  Uma outra curiosidade: a pesquisa também revelou que 10% das pessoas na Grã-Bretanha costumam mentir a respeito dos filmes que dizem ter visto. Os filmes A Lista de Schindler, O Código da Vinci e O Poderoso Chefão lideram a lista dos que as pessoas fingem ter visto.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado