Esforços para melhorar educação superior no Brasil

Melhorar educa ao superior no Brasil

A melhoria da qualidade do ensino superior no Brasil está sendo mesmo uma prioridade governamental. Pois bem, o ministro Fernando Haddad afirmou nos últimos dias que 7% dos cursos de ensino superior estão sob observação do Ministério e que, se não se adequarem, poderão ser fechados. Vale chamar a atenção para o fato de que o Brasil responde por quase 2% da produção científica mundial, o que é muito pouco, embora os alunos formados nas universidades estejam num nível muito adequado. Haddad disse também que “existem instituições privadas que não estão respondendo aos estímulos da avaliação, e essas vão ter de passar por um processo de reestruturação importante.” Não é por acaso que a cada dia vemos peças publicitárias dando conta de criação de mais uma faculdade, de mais três ou quatro cursos superiores à disposição dos alunos que saem do ensino médio, ou seja, que concluem o 2o. grau. Ter o foco na qualidade do ensino é o caminho, afinal, um profissional bem qualificado terá uma contribuição muito maior para o progresso da sociedade.

One Response so far.

  1. J.Vilsemar disse:

    – Bom dia!
    – Como sempre com o assunto “educação” muito se fala, mas pouco se faz. No Brasil temos em torno de 70% de IES privadas, muitas das quais visando apenas o lucro e o restante 30% são públicas em processo de deterioração. A qualidade da maioria das privadas é péssima, basta ver os resultados dos exames da OAB e péssimos profissionais da área de Saúde sendo lançados no mercado. Temos universitários espalhados pelos diversos cursos universitários que mais parecem analfabetos funcionais. Nas IES públicas temos um número muito grande de pessoas da classe “A” estudando gratuitamente enquanto que os pobres migram para as IES privadas de qualidade duvidosa. A educação brasileira precisa de uma revolução gigantesca e romper com o “Consenso de washington”. Caminhar com ética, com moralidade acentuada e aplicar a transdisciplinaridade na educação. O ministro pertence a um governo de ética e moral abaladas, onde os amigos e familiares do Presidente Lula costumam aparecer nos noticiários, suspeitos de ilicitudes. Portanto só irei acreditar no ministro quando vier os resultados das propostas ofertadas. Eu ainda quero acreditar em Papai-Noel!


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado