Tentáculos, Isaías, Tamis, navalha?

Tentaculos  isaias

O que tem em comum nomes como sanguessuga, carta-marcada, Bruxelas, Mandrake, Vampiro, Saúva, Ouro Negro, Confraria, Crepúsculo, Shogun, Capela, Matusalém, Tentáculos, Isaías, Tamis, navalha? Simples, estes são os nomes que a Polícia Federal vem batizando suas operações. Operações que vão desde a prisão de contrabandistas de animais em extinção, até fraudadores da Previdência Social, venda de sentenças judiciais, máquinas de jogos, contrabando de madeira… Observo que as denominações devem fazer alguma referência ao caso estudado e, simultaneamente, manter o assunto em sigilo. A operação Isaías, por exemplo, sobre extração ilegal de madeira, era uma referência ao seguinte texto do profeta bíblico: “Restarão tão poucas árvores em sua floresta, que um menino poderá contá-las.” Já Têmis, sobre o envolvimento de membros do Judiciário em crimes, usou o nome da deusa grega da Justiça. Mas, para além dos nomes, seria uma boa hora para termos um site na internet dando conta dos resultados de cada operação, quantas pessoas foram pressas, quantas foram julgadas, quantas foram liberadas. Existe no ar um certo clima de que as operações tem muito de holofote, de publicidade e pouco de efetividade no que diz a se fazer justiça e a se evitar novas ações criminosas. É uma questão de direito saber que o crime não basta apenas ser descoberto. Precisa, isto sim, ser punido.

One Response so far.

  1. Paula Calixto disse:

    Pois é… até a PF há cultivo de metáforas. Mas, veja bem: se os criminosos são dialéticos por que não a polícia também não ser?![risos]

    É um jogo de códigos daqui e de lá que, no final das contas, muita coisa se faz (só não se tem certeza do benfício final dessas ações).

    Na vida de um ser humano tudo se pode tirar, mas sabe quando ele realmente morre?
    -Quando se tira a esperança!!!

    Que continuemos a esperar algo sempre melhor (na tradução de benefício a sociedade)!!!

    Beijos e boa sua reflexão! 😉


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado