Soluções para o Oriente Médio…

muro Um amigo de faculdade me pede para falar algo sobre a crise do Oriente Médio. Diz ele que ninguém entende direito o que acontece por lá, salvo as cenas de violência explícita estampada nos jornais e transmitidas na televisão, sempre em horário nobre toda santa noite. Me sinto um tanto desconfortável para tratar do assunto, ainda mais que esses comentários não passam de um minuto a um minuto e meio. Mas, pelo menos vou tocar em um dos diversos ângulos da questão. E essa, penso, tem a ver com a cidade sagrada de Jerusalém, que é reivindicada tanto pelos judeus quanto pelos muçulmanos e menor medida, pelos cristãos. Sempre que está para se chegar a um acordo palestino-israelense surge a questão de quem ficará com a parte da Jerusalém antiga. Onde estão desde o muro das lamentações, lugar sacratíssimo para os judeus até as esplanada das mesquitas, igualmente sacratíssimo para os muçulmanos. A única solução que vejo é a de se produzir uma legislação interacional específica para Jerusalém. Algo que seja planejado pelas Nações Unidas, envolvento israelenses e palestinos, além dos diversos estados-membros das Nações Unidas. O ideal seria tranformar Jerusalém em uma cidade internacional, sob o comando da ONU, com revezamento periódico enttre os dois povos, que se responsabilizariam por sua administração, preservação e segurança. De outra forma, não consigo imaginar qualquer outra ação que possa assegurar uma paz duradoura na região.

2 Responses so far.

  1. SAM disse:

    Mas essa medida de uma Jerusalém internacional já foi tentada! E no fim, ninguém quis.

    O primeiro passo terá que ser, na minha perspectiva, um desprendimento puro e sério de todas as convicções cegas e extremistas que possam existir e criar um sistema pacífico que coordene a situação de Jerusalém.

    Mas, a questão que coloco é: nós mal conseguimos coordenar e resolver a situação do Kosovo, como faremos com Jerusalém?

  2. André Halo disse:

    Tom,

    valeu a lembrança e a idéia.

    Abs,
    seu amigo da faculdade


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado