empregoA oferta de emprego para jovens abaixo de 25 anos no Brasil em 2006 foi pior do que em 1996. Tanto homens quanto mulheres foram prejudicados pelo encolhimento do mercado. Os dados são da Pnad 2006(Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgada nesta sexta pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que também revelou que o desemprego é maior entre os escolarizados. Na faixa de 15 a 17 anos, por exemplo, o nível de ocupação teve uma redução de nove pontos percentuais, caindo de 39% em 1996 para 30% em 2006. Trocando em miúdos, o ponto é que emprego para jovens está pior do que há dez anos. Embora a taxa de desemprego seja menor entre os menos escolarizados, essas pessoas não foram tão favorecidas pela expansão do mercado de trabalho entre 2005 e 2006. Enquanto a taxa de ocupação nacional cresceu em 0,9 ponto percentual no período, os menos escolarizados viram o emprego expandir em apenas 0,2 pontos percentuais. Analistas desta PNAD afirmam que   nas áreas urbanas, cresce a exigência não exatamente de anos de estudo, mas da capacidade de se aperfeiçoar. Algo em que pensar. 

One Response so far.

  1. Jovens ate 18 anos deveriam estar estudando, na Escola Diária: escola com aula o dia inteiro para jovens.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado