Tahirih em um posto de chefiaHá poucos dias comentei que as mulheres da Arábia Saudita ainda lutam pelo direito de dirigir em seu país. Vejamos agora a situação da mulher em outra área de atuação, no caso a visibilidade das mulheres ocupando cargos de chefias nas maiores empresas do mundo. Pois bem, de acordo com pesquisa realizada pelo grupo internacional de mulheres executivas, Corporate Women Directors International (CWDI), apenas 11,5% das 200 maiores empresas do mundo empregam mulheres em cargos de confiança. Mas, apesar de o número ser pequeno, houve melhora em relação ao estudo anterior, quando 10% das empresas empregavam mulheres em cargos superiores. De 2004 para 2007, o número de funcionárias em altos postos passou de 285 para 308. Mesmo assim, os homens ainda representavam 88% no período. Essa defasagem oferece a plena medida de quão injusta é a nossa sociedade para com as mulheres. E não adianta esperar o 8 de março para pôr a boca no trombone. Fazer valer os direitos da mulher é algo que está ao nosso alcance e tem tudo a ver com nossas atitudes diárias, cada qual em seu campo de atuação. Sempre que me deparo com estatísticas desta natureza não posso deixar de recordar da célebre poeta persa, Tahirih, que em 1848 foi condenada à morte por estrangulamento… mas suas últimas palavras continuam ecoando nos corações daqueles de boa vontade: “Podeis me matar, mas não podeis impedir a emancipação das mulheres!”

2 Responses so far.

  1. SAM disse:

    De fato, querido amigo, espero que algum dia, durante o período de nossas vidas possamos ver alguma poetisa da gestão e da liderança, como Tahirih, mostrar-nos como as mulheres poderão contribuir para a melhoria do mundo e para o estabelecimento da paz mundial, duradoura e eterna.

    Só se todos trabalharmos juntos é que lá chegaremos!

  2. Tens toda razão – datas, como 8 de março, são apenas ponto de partida. Mas com toda esta anunciada volta das mulheres ao lar (e não critico, mas acho que tem que haver um equilíbrio) para fazer família, criar filhos e cuidar de marido, parece que damos um passo para frente e vinte para trás.
    um abraço


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado