Está acontecendo atualmente uma campanha mundial pelo banimento das munições de fragmentação até 2008. O que vem a ser a tal munição de fragmentação? Bem, munições de fragmentação são armas terrivelmente imprecisas e não confiáveis que não distinguem entre alvos militares e civis. Elas espalham milhares de “bombinhas” em uma área maior do que dois campos de futebol. Dessas, centenas não explodem com o impacto, infestando a paisagem com explosivos que não foram explodidos e que agem como minas terrestres, esperando para matar ou ferir indiscriminadamente.  O dano causado pelas munições de fragmentação continua por décadas, freqüentemente causando um número maior de mortes e desmembramentos de civis depois que o conflito terminou do que quando este estava acontecendo. E é aqui que apoiamos a convocação da comunidade internacional para agir imediatamente, feita pela Human Rights Watch. O objetivo é evitar mais mortes de civis através do estabelecimento de um novo tratado internacional para banir munições de fragmentação perigosas em 2008.   

 

3 Responses so far.

  1. Até quando vamos usar nossa inteligência, este dom fantástico, para semear diferentes maneiras de matar, não é mesmo? Depois, é isso: correr atrás e tentar frear. abraços

  2. lucimara disse:

    boa noite Washington, estava visitando uns blogs e o seu esta bem interessante,preciso estar antenada com o mundo mas odeio assistir tv, vou visita-lo mais vezes, posso…

  3. Pestana disse:

    Enquanto os países detentores destas bombas não destruirem seus arsenais,os países militarmente mais fracos,terão seus exércitos e civis abatidos e vítimas dessas munições.Será possível acretitar que,por exemplo
    os EUA irão concordar com um tratado sobre o banimento das munições de fragmentação?


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado