Quem disse que pensar nao cansaPensar cansa. Quem disse que não estava fazendo nada, só pensando? Não há como juntar o nada ao trabalho de pensar, são excludentes!, até por natureza. Pensar cansa e muito. Cansa porque trata de coisas imponderáveis, de assuntos e ações que fogem completamente do nosso controle e sempre pensar tem a ver com coisas por acontecer, tem a ver com o futuro. O presente é um contínuo vi-a-ser-o-passado e o passado não deixa margens a alterações: passou passo um, está passado. Só o futuro comporta alterações, mesmo que de última hora. Muitas vezes sofremos por querer mudar o passado. Esquecemos sempre que só quando o passado ainda era futuro é que podíamos fazer alguma coisa, mudar essa ou aquela atitude, fazer ou deixar de fazer isso ou aquilo. Costumo fazer um rol de coisas para deixar registrado o que pretendo fazer ao longo do dia. Quando rascunho 9 palavras já sei que terei um dia cheio. Se consigo escrever apenas 4 ou 5, será um dia bem simples. É que cada palavra carrega consigo uma infinidade de ações, esforços e tudo o mais. Mas se não existir um planejamento mínimo que seja como saber que o dia de hoje fará alguma diferença em minha vida? Escrever uma palavra resume minutos e às vezes, horas, de puro pensar. Por isso não me venham com piedosas intenções. Pensar cansa. E muito.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado