Aids no BrasilO coordenador do Unaids (Programa de HIV/Aids das Nações Unidas) no Brasil, Pedro Chequer, afirma que a revisão no número de casos de infecção no mundo, apresentada em um relatório da organização nesta semana, não afeta os números registrados no Brasil. Ele afirmou que “no Brasil, não houve necessidade de revisão” e ressaltou que o país “se mantém na mesma situação de epidemia estável desde o ano 2000″. Chequer diz que Brasil e Argentina têm dados consistentes sobre a doença porque têm uma rede de testagem e aconselhamento muito extensa” e isso permite fazer uma estimativa mais adequada”. Segundo o relatório, um terço dos casos na América Latina é registrado no Brasil – um dado que não é novo e reflete o fato de que cerca de um terço dos latino-americanos vivem no país. Apesar de revelar as estimativas totais mundiais de infecção relativas a 2006, o documento não inclui os números sobre o ano passado de casos relativos a cada país, que devem ser revelados em 2008. Ainda sobre o Brasil, o relatório destaca a estimativa de que, em 2005, eram cerca de 620 mil os portadores de HIV.

2 Responses so far.

  1. carol disse:

    nada a ver tio, tendi nada, site chato, nao recomendo, vou ver outro, credo

  2. carol disse:

    odeio ler


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado