Noel, o furacão, devasta República Dominicana

Noel devasta DominicanaSuperaquecimento, meio ambiente, preservação dos recursos naturais do planeta. Tudo está interligado. No meio dos debates e das muitas pautas da mídia, a ação humana e também a reação humana. Os últimos anos nos brindaram com furacões e tempestades de extrema violência como El Niño, Rita, Andrews, Katrina, apenas para reavivar a memória de alguns deles. Pois bem, nesta semana, a população da República Dominicana foi a vitima da natureza. As chuvas e ventos provocados pela passagem de Noel, nome dado ao recentíssimo furacão, provocaram 56 mortes e 27 desaparecimentos, segundo a Comissão Nacional de Emergências (CNE). Inundações, deslizamentos de terra e queda de infra-estruturas são as principais causas de mortes e danos, em especial nas províncias do litoral sul. Segundo as autoridades em Santo Domingo, os desabrigados chegam a 58.328 e há 14.582 casas afetadas pelas chuvas e ventos, sendo que 660 foram totalmente destruídas. Isso mostra de forma bastante clara que ainda não dispomos de soluções adequadas para tratar dos problemas ambientais.

One Response so far.

  1. Não tenho mais muita esperança. Quando vejo, numa esquina movimentada, sobre o gramado, pneus cheios de água, todos que moram ao lado passam por cima e não se preocupam em virar porque, com certeza, a dengue é só notícia, fico pensando que o pepino ficou torto demais para ser endireitado. abraços


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado