Dengue n o passa pela ponteO número de pessoas contaminadas pela dengue no município do Rio nos primeiros meses de 2008 ano já superou o registrado em todo o ano de 2007. E estamos há menos de 90 dias deste ano. O site da Secretaria Municipal de Saúde informou que 26.688 casos foram notificados em 13 semanas, ante 25.107 anotações em todo ano passado. O número de mortos pela doença subiu esta semana para 31. A dengue no Rio de Janeiro deveria ser objeto de tese de graduação ou de mestrado sobre saúde pública no Brasil. Como uma doença tão simplória como essa consegue causar tantas mortes e mais, em uma das cidades mais ricas do Brasil? É estarrecedor ver imagens na televisão e fotos nos jornais mostrando pessoas caídas nas entradas e mesmo nas calçadas de hospitais públicos do Rio de Janeiro porque simplesmente não existem leitos disponíveis. Algo de muito errado está acontecendo na capital carioca. Uma pergunta que não quer calar, se Niterói, separada por uma ponte de 14 km do Rio não se registrou nenhum caso de dengue, como conviver com a triste realidade de que a cada 24 horas são detectados cerca de 1.200 casos na zona norte do Rio, em especial, na Baixada Fluminense?


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado