Pedofilia é assunto de CPI no Congresso Nacional

pedofilia.Uma comissão parlamentar de inquérito está funcionando no Congresso Nacional, mas parece que passa batida na grande mídia. É que se trata de uma CPI suprapartidária, ou seja, que interessa, envolve todos os partidos políticos. Não é a velha cantilena governo versus oposição. Falo da CPI contra a Pedofilia. O Brasil não dispõe de instrumentos jurídicos, legais, que possam, de maneira  eficaz, proibir os que produzem e os que lucram com a pedofilia.  Caros leitores, o assunto é de máxima seriedade, existem fortunas girando em torno do comércio de fotos e de vídeos de crianças em situações de sexo. Existem crimes que são um atentado à natureza humana, ao que de mais sagrado existe no ser humano. A penalização para crimes dessa espécie deveriam ser os mais rigorosos previstos em nossa legislação penal. É a degradação e prostituição de legiões de inocentes, com seus 5, 7, 11 anos de idade tendo seus corpos e mentes violados por criminosos sem qualquer senso de humanidade, de moral, de ética e por aí vai. A chegada da Internet potencializou, aumentou – e muito! –  a circulação de material pornográfico envolvendo crianças. Apoiar essa CPI é uma questão de direito inadiável. Com certeza, milhares de crianças que deixaram de ser violentadas saberão, no futuro, agradecer por não termos deixado que seu futuro fosse roubado. Enquanto isso, campanhas do tipo “Disque Pedofilia” precisam ser ampliadas e os meliantes receberem o braço forte da Lei tão logo fossem flagrados ou condenados após o devido processo legal. De impunidade estamos cheios. O que não estamos cheios é de um senso maior de justiça, de amor a nossos semelhantes. Infelizmente.

2 Responses so far.

  1. Já nos habituamos e ver na mídia televisa tantos casos de estupros, e de pedofilia, que estas notícias já se tornaram rotina e parecem não mais chocar a sociedade. É preciso incluir no código penal penas mais severa contra este tipo de crime; ou seja, a castração química. É uma solução prática e mais barata para o Estado. É a garantia de que os mesmos criminosos não repetirão o crime e iria desestimular novos tarados. Eles iriam pensar duas vezes antes de praticar novos estupros.

  2. C.Bello disse:

    Pertinete a discussão que permeia toda a classe de advogados no Estado.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado