Terceiro evento marcante de 2008: Obama

Em menos de 50 anos a grande Nação do Norte conseguiu virar de forma contundente uma história de perversidades contra os negros, os afrodescendentes daquele país. A eleição do primeiro negro para o comando do país sinaliza para a atenuação de conflitos raciais  de triste memória. Não podemos esquecer que o racismo é um dos mais terríveis males a assolar a humanidade. Que esteja, pois, com seus dias bem diminuídos.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado