Recessão faz bem para o planeta

O outro lado da recessão econômica do último ano: a desaceleração da produção industrial resultou na maior redução na emissão de gases-estufa em 40 anos. No primeiro grande estudo da Agência Internacional de Energia (AIE), ligada à ONU, sobre o impacto da crise no clima, descobriu-se que as que as emissões de dióxido de carbono a partir da queima de combustíveis fósseis sofreram queda significativa. Segundo a Folha (para assinantes), além do menor ritmo industrial, outros fatores contribuíram, como a suspensão de projetos de minas de carvão e as políticas públicas para cortar as emissões. Sobre estas, três iniciativas tiveram mais efeito e foram responsáveis por cerca de um quarto da baixa, de acordo com a AIE: a meta da União Europeia de reduzir as emissões em 20% até 2010, os padrões de emissão fixados para os carros nos Estados Unidos e as políticas de eficiência energética da China. No Brasil, destaque para um estudo da USP que comprova o que muitos já desconfiavam. Nosso organismo está mais protegido da poluição dentro dos parques do que nas extremidades ou fora dele. A casca das árvores, principalmente as do entorno dos parques, absorvem os poluentes, funcionando como um filtro do ar. De acordo com o Estadão, o levantamento foi feito durante quatro anos em parques da capital paulista.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado