FotodeRaulSeixas 1“De repente, chegou um rapaz dizendo que era compositor, tocava violão e gostaria muito de poder mostrar seu trabalho. Mas ele não tinha o braço direito. Ficamos meio sem jeito, olhando para o cara, até que o Raul lhe perguntou: ‘Ah, é? E o que o senhor quer que eu faça? ‘ O rapaz, com muita humildade, respondeu: ‘Seu Raul, o senhor faz o ritmo e eu as posições’. Não dá para explicar o carinho com que Raul ajudou o rapaz. Ele ficou abraçado, quase pendurado por trás do cara, fazendo o ritmo com a mão direita, enquanto o cara mudava os acordes com a mão esquerda. Foi uma cena linda.”

Essa história foi contada por Mauro Motta, um dos melhores amigos de Raul Seixas.


ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado