Alguma pequena cidade medieval da Úmbria ou da Toscana me faz embarcar nas misteriosas regiões da infância. Assis combina bem com infância: é a pureza de Francisco aliada ao terno amor de Clara, que formam em mim a imagem da inocência infantil. E todas as infâncias se parecem, porque são feitas com porções iguais de pureza e de amor. O cenário da Toscana tem o desbotado de imagens adormecidas na noite do tempo. É quando me pergunto se a criança que um dia fui continua dentro de mim ou está conduzindo o adulto e que o tempo me transformou.

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Observatório da Imprensa
  • Vale

ESPAÇO PUBLICITÁRIO

  • Carta Maior
  • Meu Advogado